quinta-feira, 12 de setembro de 2013

A hora do pesadelo (literalmente)

Tenho tido uma quantidade absurda de pesadelos... pesadelos mesmo, de acordar no meio da noite assustada...

Por muito tempo tive um pesadelo constante onde eu jogava uma pessoa pela janela da área de serviço do meu antigo apto. No começo esta pessoa não tinha um rosto, depois ele tomou forma e se mostrou: era meu ex padrasto, que na época ainda era vivo. Pouco depois ele morreu e nunca mais sonhei com aquilo... O mais bizarro deste pesadelo era que muitas vezes eu ficava lá ouvindo o barulho que o corpo faria ao chegar no solo. E gostava, porque de certa forma, havia alcançado o meu objetivo... um horror... e tb tinha uma razão para ser naquela janela e não nas demais... era a única que não tinha rede de proteção!

Eu já não tenho este pesadelo, mas sonho constantemente que algo na janela ou na porta do quarto começa a desabar. É muito nítido! Tão nítido que chego a acordar o marido para olhar! Mas não tem nada... No último sonho, a cortina começava a emanar um gás tóxico e eu acordei querendo sair dali!!!

Eu sinceramente não sei a origem destes pesadelos, ou até saiba, mas não quero saber!

O fato é que pouco antes da minha vó falecer é que eles começaram (ainda na minha adolescência). E eu passei quase um ano dormindo no quarto dela, pq tinha medo de dormir sozinha no meu quarto!

Espero que eles passem de vez! É raro o dia que eu não tenho estes pesadelos (hj por exemplo), e eles me assustam profundamente!!!

Nenhum comentário: