domingo, 21 de fevereiro de 2010

Egoísta

Desculpa tá, mas eu tô numa fase muito, mas muito egoísta... queria simplesmente sumir sem deixar pistas, desaparecer...
Não quero assumir cagadas que não são minhas... quero poder cuidar da minha própria vida e seguir com ela tranquila...
Sim, porque ninguém mandou se juntar com aquele infeliz e ainda procriar! Um já estava bom (e ainda bem que ele existe!), agora dois, foi demais! Eu não tenho culpa das tuas cagadas...
Desde pequeno, criaram um monstrinho, à imagem e semelhança do pai, um infeliz, que nunca deveria ter nascido! O monstrinho cresceu e pra quem vai sobrar? Para a imbecil aqui! Eu não tenho culpa da cagada de vocês dois!
Me desculpa, mas eu tenho uma vida, tenho minha casa, marido, gatos, e quero ter meus filhos... esse peso não faz parte da minha vida...
Estou numa fase muito egoísta... não quero os problemas que não são meus. Simplesmente porque ninguém me ajuda com os meus! Eu não tenho para quem repassar, então, sinto muito, eu passo os seus, para quem é de direito!
Eu deveria estar feliz, fazer planos para o futuro, pensar a curto, médio e longo prazo... mas o presente me trucida, me sufoca, me angustia... não consigo pensar em coisas boas...
Só penso em como me livrar de todo o peso que me colocaram... eu não madre teresa de calcutá, não tenho vocação para mártir e sei que mesmo depois de todo o esforço, ninguém vai vir me agradecer...
Mas sempre vem aquele hipócrita com aquele papo: mas se Deus te deu esta cruz é porque vc pode carregar! Quer saber, acho que ele não tá sabendo é de nada, pq eu nem um pouco forte sou!
Deve ser castigo, por ter sonhado tantos anos em jogar a cruz master pela janela...
Eu só sei que eu não tenho culpa das cagadas que não são minhas... vou vestir minha carapuça egoísta, cuidar da minha vida, fazer meus planos...
Mesmo se nestes planos esteja fugir para bem longe, com marido, gatos e filhos, sem deixar rastros!

Nenhum comentário: